Starbucks perto de templo budista causa polêmica na internet chinesa – Terra Brasil – internet pink blog

Xangai (China) A abertura de uma cafeteria da rede americana Starbucks nas imediações do templo de Lingyin, em Hangzhou (província oriental de Zhejiang), reavivou a polêmica na internet que em 2007 levou ao fechamento de outra cafeteria da empresa na Cidade Proibida de Pequim.

Segundo publica hoje o jornal “Shanghai Daily”, a abertura, este fim de semana, de uma cafeteria nas imediações do templo, situado na encosta de uma montanha nos arredores de Hangzhou, a 170 quilômetros de Xangai, foi criticada como uma “invasão cultural”.

Enquanto muitos internautas expressaram nas últimas horas sua rejeição à abertura da cafeteria, que na sua opinião leva a perder a serenidade que deveria rodear um templo budista, outros não a veem com maus olhos, já que de fato está em uma rua comercial que nos últimos meses se encheu de lojas e restaurantes.

Em 2007 a rede americana acabou fechando a cafeteria que tinha no interior da Cidade Proibida de Pequim, que estava sete anos aberta, depois que o apresentador da televisão estatal “CFTV”, Rui Chenggang, propôs em seu blog seu fechamento, para o que conseguiu o apoio de meio milhão de internautas. EFE

jad/ma

via internet – Google Notícias http://news.google.com/news/url?sa=t&fd=R&usg=AFQjCNGxsXKDT0AXOYE90j_mxViiFLveSQ&url=http://noticias.terra.com.br/noticias/0,,OI6175266-EI188,00-Starbucks%2Bperto%2Bde%2Btemplo%2Bbudista%2Bcausa%2Bpolemica%2Bna%2Binternet%2Bchinesa.html

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em internetpinkblog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s