Startups podem inserir o Brasil no mapa da tecnologia mundial – R7 – internet pink blog

investidoresGustavo Andrade/Divulgação

Fundos de investimento como a Confrapar, de Carlos Eduardo Guillaume, estão de olho no mercado nacional de startups



Publicidade

Na década de 70, dois jovens decidiram que era possível criar um computador com preço e sistema acessível para qualquer tipo de usuário. Na época com 20 anos, Steve Wozniak se juntou ao seu colega de 16 anos, Steve Jobs. Estava criada uma startup que revolucionaria o mundo: a Apple.

Muitas outras empresas surgiram da mesma forma que a “gigante de Cupertino”. Para listar apenas três mais atuais: Facebook, Google e Yahoo!. Casos de sucesso, a possibilidade de um ambiente mais agradável e a promessa de incentivos do governo inspiram os novos empresários brasileiros.

Saiba tudo que mudou no iPhone 5

Hélio Lemos, Frederico Alves e Eduardo Rodrigues perceberam que os buscadores de anúncios deixavam a desejar no serviço entregue ao usuário e decidiram fundar a Fisgo. Diretor de tecnologia do site, o engenheiro Eduardo Rodrigues explica que o site nasceu do conhecimento adquirido por seus dois sócios, ex-funcionários do Buscapé, e também de uma demanda do mercado por produtos melhores:

— O Brasil não tinha nenhum buscador de classificados que fosse bom. Eram todos difíceis de buscar, chatos, a atualização dos anúncios tinha pouca frequência. Muitas vezes, os anúncios disponíveis no buscador estavam sempre expirados no site original.

Além do site de anúncios, a startup também desenvolveu o Bem Direto, uma solução para quem procura alugar ou comprar um apartamento. A empresa ainda pretende ampliar o serviço para a compra de carros.

Investimento não é só dinheiro

Apesar de não ter recebido um aporte financeiro, a Doubleleft já se destaca entre as startups nacionais. A produtora de São Paulo foi finalista da “Batalha de startups”, evento promovido em julho deste ano pelo site The Next Web, especializado em tecnologia.

Criadora do game Bob Burnquist’s Dreamland e do app gerador de avatares da Turma da Mônica, a Doubleleft figurou entre os 16 melhores projetos de tecnologia, concorrendo com 114 startups de todo o mundo.

Sócio e diretor de criação da Doubleleft, Alexandre Souza afirma que sua empresa ainda está negociando com possíveis investidores, mas alerta que é importante pensar além das cifras:

— Só é interessante quando oferece mais do que apenas dinheiro. O investidor precisa ter um perfil compatível, de forma te aconselhar para você ter um negócio melhor.

Por outro lado, contar com a ajuda de fundos de investimento pode acelerar o desenvolvimento de negócios em fase embrionária. Um destes fundos é a Confrapar, a empresa administra um capital deR$ 75 milhões para investimentos em tecnologia.

A própria Fisgo é uma das beneficiárias do fundo. O CEO da Confrapar, Carlos Eduardo Guillaume explica o que os fundos procuram nas startups nacionais:

— Sempre que analisamos uma empresa, alguns pontos são levados em consideração para saber se uma empresa tem potencial de crescimento ou não. Avaliamos o que a empresa traz de inovação para o segmento, a demanda real pelo produto ou serviço oferecido, players de mercado, qual é o modelo de negócio da empresa.

*Colaborou Camila Savioli, estagiária do R7

Quer ler mais notícias? Clique aqui
Leia mais notícias de Tecnologia no R7
Leia mais notícias de Saúde no R7
Faça seu e-mail @R7. É grátis!
Venha para o R7 Banda Larga!

via tecnologia – Google Notícias http://news.google.com/news/url?sa=t&fd=R&usg=AFQjCNGJm4d3adkO0LJafI1mah8lz5AfHA&url=http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/startups-podem-inserir-o-brasil-no-mapa-da-tecnologia-mundial-20120917.html?question%3D0

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em internetpinkblog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s