Tecnologia para contar a história de A TARDE – A Tarde On Line – internet pink blog

  • Museu do Futebol | Divulgação

    A tecnologia é a dos museus da Língua Portuguesa e do Futebol, em SP

Pela primeira vez a Bahia terá uma exposição multimídia com o que há de mais novo em tecnologia para este tipo de evento (leia texto ao lado). Uma tendência em museus e espaços culturais de todo o mundo, o uso de mesas interativas, painéis multitouch e telas gigantes  definirá o ritmo do visitante na exposição intitulada Um Século de Inovações –  Ver, Ouvir e Tocar, no estacionamento G2 do Salvador Shopping.

Aberta ao público do dia 20 próximo até 4 de novembro, a mostra conta um século de história de A TARDE, buscando estimular  sensorialmente a reflexão sobre os principais fatos históricos do período. O jornal serviu como fonte  de pesquisa e inspiração do projeto, mas a tecnologia divide a cena  em grande estilo.

Passo a passo

Cândidaluz Liberato, da Cena Digital (www.cenadigitalba.com.br), coordenadora de conteúdo do projeto realizado por A TARDE, destaca o objetivo de proporcionar ao visitante “um banho de imagens”. Além disso, haverá locução, textos, e   “os sentidos da audição e do tato também serão aguçados”. Cinco ambientes mostrarão o que de mais importante foi noticiado por A TARDE.

São 650 m² reservados a um passeio histórico. “No primeiro ambiente, queremos que o visitante perceba o significado da imprensa  na vida dele”. É o Túnel do Tempo, com  imagens em alta definição,  computação gráfica em 2D e 3D.

O fundador

No segundo ambiente, dedicado a Ernesto Simões Filho, “veremos a força que ele teve no sentido se sonhar e colocar em prática o projeto de fazer a notícia chegar até o leitor”, observa Cândidaluz, salientando a liderança  do jornalista baiano. Haverá reproduções de páginas, fotografias, ilustrações e documentos.

No terceiro ambiente, prossegue ela, “o povo vai se ver; é a imprensa cobrindo a manifestação popular,  mostrando como as pessoas se comunicam na religiosidade, nas festas, no esporte e também como se unem diante de tragédias”.  O quarto ambiente é dedicado à imprensa multimídia, com mesas digitais acessíveis ao visitante. A um toque das mãos, surgem temas como interatividade, convergência de mídias, portabilidade e internet. “Vamos abordar a força das mídias digitais, mostrar que no futuro tudo poderá funcionar on demand: o público vai buscar o que lhe interessa”, observa Cláudia. No quinto  ambiente, “o  desafio foi transformar o meio jornal em algo dinâmico,  exatamente o que a multimídia se propõe”.

. Leia mais na edição especial veiculada neste domingo no Jornal A TARDE

via tecnologia – Google Notícias http://news.google.com/news/url?sa=t&fd=R&usg=AFQjCNFgLk1qY7Qks1SBezc-qjf10RMLYw&url=http://atarde.uol.com.br/bahia/materias/1453726-tecnologia-para-contar-a-historia-de-a-tarde

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em internetpinkblog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s